terça-feira, 27 de abril de 2010

O óbvio do óbvio

Foram precisos sete meses para que uma comissão especial criada na Câmara Municipal constatasse o óbvio do óbvio. Composta por Gilberto Doceiro (PMDB), Claudinei Dias (PT) e Reginaldo Tristeza (PSOL), ela tinha o objetivo de apurar as denúncias feitas em outubro pelos médicos Aluísio Machado (um dos opositores mais óbvios da atual administração) e Márcio Cotta (ex-vereador) sobre o estado calamitoso do Hospital Municipal.

Depois de muito tempo de apurações, eles conseguiram chegar à tal conclusão óbvia: o local não atende a demanda da população, está defasado e os salários são extremamente baixos. Veja abaixo dois trechos que estão em um texto enviado à imprensa:

"(...) os membros da Comissão constataram que, de fato, o Hospital Municipal carece de espaço físico para atender as atuais demandas."

"Segundo ela, os valores dos salários pagos em Sete Lagoas desestimulam os profissionais a se deslocarem até a cidade para trabalhar. Nesse sentido, a superintendente de Urgência e Emergência, Solange Paiva, sustentou a necessidade de rever os salários atualmente oferecidos."

Finalmente descobriram a America...

3 comentários:

Stefano disse...

7 meses? Que gênios! Realmente estamos bem servidos, 3 vereadores, demoraram 210 dia para chegar a um conclusão, que qualquer mãe aflita, que chega com o filho doente nos braços, leva 30 minutos pra perceber; QUE A SAÚDE AQUI EM SEVEN LAKES É UM LIXO. Só melhora lá um pouquinho, quando tem algum médico candidato, que faz 10 consultas por dia e passa a fazer 70,80 e até 100 consulta por dia. Essa cidade está abandonada e o Maroca na Suíça, gastando a grana do povo.

Anônimo disse...

PARA PENSAR
- Os nobres vereadores constataram que a estrutura fisica do HM e das demais unidades são deficitarias e subdimensionadas. OK.
-A Srª Solange Paiva afirma, segundo consta que não compensa sair de outra cidade para trabalhar aqui por que o salário não é compensador.Nesse caso ela fala de médicos.
-Para atender bem o paciente, ou cliente, como queiram, é necessario que várias pessoas trabalhem. Assistentes de portaria, tecnicos de enfermagem, RX, laboratório, enfermeiros, bioquimicos etc...Um médico passará a receber quase 900,00 por plantão de 12 horas e um tecnico de enfermagem 465,00 por mes.Faço aqui o meu protesto.Não só os medicos são mal remunerados, mas sim todos os profissionais da saude. AS PESSOAS SÓ NOS VALORIZAM QUANDO SUAS VIDAS, ESTAM POR UM FIO,E O NOVELO IRONICAMENTE EM NOSSAS MÃOS. NÃO HÁ COMO ESCAPAR O HM É O ÚNICO QUE ATENDE URGENCIA NO MUNICIPIO. Portanto, não supervalorizem médicos, se a faxineira não trabalhar as bacterias e a sujeira tomam conta de tudo, imagine se falta, o rx, o laboratório, e os demais. Somos uma equipe, merecemos respeito e bons salários.

Renato disse...

Ainda bem que na Suíça não tem esses problemas...