segunda-feira, 24 de maio de 2010

Previsão de pancadas e trovoadas

As nuvens carregadas podem voltar aos céus de Sete "Bananas" Lagoas. Não, não serão chuvas em pleno inverno seco, mas sim a abertura de uma CPI, a primeira da era Maroca, pela Câmara Municipal. Segunda as informações, sete vereadores já assinaram pela abertura, que deve acontecer na próxima reunião ordinária, terça-feira, 24 de maio. A motivação seria os contratos da prefeitura com a Via Solo, empresa terceirizada responsável pela limpeza, coleta e capinagem municipal. As informações são de que um contrato de R$6 milhões foi feito através de decreto, sem licitação, ou algo parecido. Haveriam outros R$2 milhões também em contratos que deverão aparecer na história.

Fato é que poderá ser aberta essa tal CPI. Inclusive, a imprensa já recebeu um email de convocação a partir do gabinete do vereador Caio Dutra, dizendo que haverá novidades na reunião de amanhã. Só não especifica o motivo.

O que ficamos a conversar com nossos botões é se essa CPI será usada politicamente, já que as eleições majoritárias batem à porta. Ou até mesmo pequenas rixas mesquinhas, tão comuns em nossa nobre cidadela. Que sejam feitas as apurações que cabem ao legislativo, mas que comprovem desvios de conduta ou de verbas. Se for verdade, que sejam reveladas, publicadas. Mas caso contrário, que a comissão não tenha uso pobre em prol de grupos políticos contrários. Se for assim, é melhor nem começar.

4 comentários:

Anônimo disse...

Tem mais angú debaixo desde caroço.
De qualquer forma, é melhor uma CPI agora, pois teriamos novas eleições neste ano, do que uma arranjada no ano que vem para dar mandato a um prefeito indireto que seria o próximo presidente da Câmara.

Stefano disse...

Hi, mas essa Via Solo não está por aí tem uns "100 anos"? E só agora descobriram algo estranho? Se um dos papéis dos vereadores é fiscalizar o executivo, não estariam na era do papiro nossos edis? Quando eu falo que vereador não serve pra nada, está aí a prova. Se até a minha vó, que tem todos os males e maldições da falta de saúde, sabe que sempre teve alguma coisa errada, esse bando de gente, que fica debatendo futilidades públicas com o nosso dinheiro, ficou sabendo agora? Vai pegar mal é pra eles.

ENIO EDUARDO disse...

Concordo com você stefano. O contrato original da Via Solo é de 2001. Após o vencimento do mesmo, tivemos pelo menos 7 contratações por dispensa. Vi as justificativas técnicas para as duas últimas. Uma de 02 de setembro 2009, assinada pelo Paulo Rogério e outra do dia 23 de fevereiro 2010 assinada pelo Lairson. São renovações de 180 dias cada uma. Seria tudo normal se não fosse o exagerado tempo de contratações por dispensa. O município ao longo dos anos não se dignou a abrir licitação nesta área.
Isso é um absurdo. Masde toda forma, acho que não seja motivo de uma CPI na Câmara, mas sim de uma investigação pelo Ministério Público, o que pode ensejar uma Ação Civil Pública contra todos os responsáveis por este tipo de artifício, desde aqueles de outras administrações, até os atuais.
Na Câmara, preocupa não Stefano, vai acabar em Comissão de Sindicância, pois este tipo de contratação, por se tratar de serviço essencial e da forma em que foi realizado, não leva a cassação de Prefeito, o que é tanto desejado pelo golpistas de plantão.
Mas valeu a ameaça, o Prefeito Maroca Vagareza Paixa levou um sustaço. Quem sabe assim ele pega no tranco.

Anônimo disse...

Levou um susto mesmo, o prefeito Paçoca Paiva, deve ter andado de casa em casa de vereadores para convence-los de retirar a assinatura, logicamente conduzido pelo seu lider, ou até mesmo pelo seu secretário particular Bento Filme Queimado Andrade.Por que por iniciativa propria, nem por email.


Rainha mãe.