terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Começou quente

Mas não foi por falta de assunto que a reunião ordinária desta terça-feira não foi divertida. Na verdade, houve momentos em que o plenário quase pegava fogo. Tirando o momento reservado ao anúncio de vagas de empregos e cursos técnicos, mais parecendo uma TV SINE, a reunião já nos deu um bom armamento.

A polêmica foi causada pelo vereador Reginaldo Tristeza, que já declarou guerra à secretária municipal de educação, Maria Lisboa. Segundo ele, uma recente conversa com a secretária o deixou indignado. "Ela chamou os professores da Escola Municipal Helena Branco de mafiosos. Eu ainda repeti o que ela falou ao telefone comigo para que todos do meu gabinete pudessem ouvir. Ela os chamou de mafiosos", revelou o idílio.

Ele declarou que vai formalizar um requerimento para o comparecimento da secretária na Câmara, para explicar o termo "mafioso" usado no telefonema.

Pensando bem, até que a reunião não foi tão mal assim...

Um comentário:

Robson disse...

Farristas e Mafiosos...

O Secretário de Saúde fala que vai acabar com a farra dos servidores da saúde.

A de Educação chama os servidores da área de mafiosos.

Do jeito que a coisa anda, não demora assistirmos os servidores municipais "baterem ponto" na Delegacia de Polícia.

Robson.