terça-feira, 30 de junho de 2009

Sina?

Será que a cidade não está sob um pó de pirlimpimpim ou uma estranha maldição? Como foi o caso do padre que rogou praga que a cidade ia virar uma só lagoa depois de ser expulso pela população. Estamos cada vez mais pertos de, novamente, ficar sem uma prefeitura sem vice-prefeito. Nesta tarde, a Assembléia Legislativa sabatinou, junto com outros três nomes, Sebastião Helvécio (PDT) para o cargo no Tribunal de Contas. Os quatro nomes agora serão submetidos ao plenário para aprovação, em votação secreta. Nos bastidores, dizem que o nome de Sebastião é o mais cotado para assumir o cargo. E nosso vice, Ronaldo João, como suplente, assumiria a cadeira na Assembléia.

Falamos em maldição, porque desde o início da era do Ronald, o Cana Brava, a cidade fica sem seus vices. Primeiro foi o Cana Brava, que isolou e até chegou a expulsar seu primeiro vice, Paulinho Chup..., ops, Lambe-Lambe, da prefeitura. Depois foi a briga com Dom Leone, e quem acabou se dando mal foi o próprio Ronald, que saiu pelas portas dos fundos. Ai foi a vez de Dom Leone ficar sem vice. E agora a nuvem paira na cabeça de Maroca.

No total, são 12 anos sem vice prefeito. Ai cabe a pergunta. Será que eles são realmente necessários?

4 comentários:

BOTO CINZA disse...

MOVIMENTAÇÃO POLÍTICA
Boatos que rolam nos bastidores da mesquinha política da cidade revelam a seguinte estratégia:

Tão logo o Ronaldo João assuma na Assembléia, os vereadores, assim como fizeram no mandato do Ronaldo Canabrava, vão abrir uma CPI e cassar o Prefeito Maroca. Assim, que assumiria o comando do município seria o vereador presidente da Câmara.

Ficaria no poder até vencer seu mandato como presidente da Câmara. E poderia continuar no comando da cidade se for reeleito. Se não, seria substituído pelo presidente escolhido pelos vereadores.

Assim, mais uma vez, como anconteceu no Governo Leone Maciel, serão os vereadores que vão administrar a cidade.

Stefano disse...

Boto Cinza,
Prefiro que a cidade vire um só lago, como postaram os nobres blogueiros. A nossa maior maldição é a ignorância de nosso eleitores e a nossa dificuldade de encarar seriamente a democracia, não só como direito de escolher seus dirigentes, mas com o dever de tirá-los, quando eles não correspondem às expectativas da maioria.
A outra maldição é o nível cultural de nossos eleitores, que perpetua o coronelismo na nossa cidade, que desde sua fundação, é comandada por uma meia dúzia de famílias influentes.
O povo tem que se movimentar para evitar, que a política se torne um puleiro de interesses pessoais.

Anônimo disse...

Ao boto Cinza só para esclarecer:

Se o Ronaldo João virar deputado terá que renunciar ao cargo de vice. Neste caso, se Maroca for cassado na primeira metade do mandato, o presidente da Câmara assume mas teremos nova eleição para Prefeito em 120 dias.

Robson disse...

Efeito Orloff:

Irregularidades para cassar o Maroca já existem aos montes. Exemplo:
1 - Falta de publicidade dos atos administrativos, tais como Avisos de Licitações, nomeações, contratações, exonerações, etc..
2 - Contratações sem licitação: Compra de refeições para HM e aquisição de 2000 lts de combustível .
3 - Fraude em Licitações:
Contratação do genro do Maroca para limpeza de lotes.

ufa...

Robson