quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Agora é oficial

Conversamos esta manhã com o prefeito Maroca, e agora é oficial. Haverá sim mudanças no quadro de secretários. Parece bobagem voltarmos aqui no assunto, mas é que até o momento, tudo não passava de especulações. E a partir de agora foi falado pelo próprio Maroca.

"O meu cuidado é não sair coisas do tipo cabeças vão rolar. Mas vão haver modificações, que são necessárias fazer", declarou o prefeito. Ele prometeu anunciar oficialmente as trocas ainda nas próximas semanas, mas não quis adiantar nenhum nome que será substituído. Mesmo sem citar nomes, a forma com que ele conversou com o grupo de jornalistas presentes, Maroca confirmou a saída da secretária de Ação Social, Lea Braga.

Apesar da secretária ser ligada diretamente ao PT, Maroca negou motivos políticos pela sua saída. "Eu escolho as pessoas que vão trabalhar comigo pelo perfil, pelo histórico, como foi o caso da Lea, que tem um currículo muito bom. As pessoas podem até ser atuantes em partidos político, mas isso não é o principal", observou Maroca.

O prefeito afirmou que já tem os novos nomes para fazer as trocas, mas que deve anunciar tudo de uma só vez. Até que isso seja feito, muita especulação vai passar por debaixo dessa ponte.

5 comentários:

Stefano disse...

No meu entender a situação em Sete Lagoas é emergencial, a cidade está um caos, tudo muito brega, esgoto estourado, rua alagada, cracolândia em vários bairros, trânsito caótico, não seria hora de formar um secretariado totalmente técnico, ao invés de ficar fazendo amarras políticas desatrosas? Já perdemos 1 ano.

Anônimo disse...

Stefano,

Sem comando secretáriado nenhum funciona. Técnicos são todos os que estão saindo. É triste mas vamos perder mais 3 anos.

ENIO EDUARDO disse...

A afirmação do Prefeito é meio esquizofrênica. Como a ocupação de cargos públicos não passa pelo perfil político do ocupante do cargo?

Parece que ele se elegeu por geração expontânea e não por acordo político.

Nunca vi uma coisa dessas em anos militando na política.

Um agente político afirmar que o perfil político não importa.

Êhhh! Sélagoas não aprende mesmo heim!!!

Anônimo disse...

Li alguns comentários dos outros posts e penso que a troca de comando de uma ou outra secretaria deveria ser, no meu entender, uma situação secundária a ser mostrada e debatida. Os processos gerenciais e administrativos do poder público são muito mais importantes do que a troca de comando. São os processos que determinam o funcionamento de uma organização ou departamento. O que acontece com a administração pública é que não ha padrões operacionais determininados e contínuos. Esses padrões operacionais devem ser construídos pelos funcionários de carreira, eles sim, devem estabelecer como trabalham nos setores de atendimento pois, os cargos de confiança passam e eles ficam. Os funcionários de carreira é que deveriam ser chamandos de confiança. Quando o funcionário de carreira não quer, nada acontece dentro da prefeitura, tudo trava. Eles derrubam qualquer secretário e ou cargo de confiança do prefeito. Parece que tem uma greve branca dentro da prefeitura.A falta de padronização operacional favorece este tipo de comportamento frio dos funcionários de carreira. Eles é que devem ter uma mentalidade de atendimento melhor afinal, político em nossa cidade e no país inteiro só serve para ocupar cargo e roubar. Pensemos, se o funcionário de carreira não quer que a coisa funciona ele simplesmente não faz, não ensina a fazer e se mantém quieto. Eles não podem ser demitidos e nem tem metas operacionais para cumprir.Qualquer secretário que entre e depara com uma situação administrativa desorganizada, quer colocar ordem e padronizar. Aí acontece o que aconteceu com Lisboa e com Lea... A PREFEITURA ESTÁ E SEMPRE ESTEVE NA MÃO DE FUNCIONÁRIOS DE CARREIRA, A MÁQUINA TRAVA QUANDO ELES QUEREM E ANDA QUANDO ELES QUEREM...
Quer conferir vá até o setor de contabilidade da prefeitura e ou da fazenda e tente uma informação simples. Eles jogam um monte de informções trocadas para você, inventam coisas, travam outras, tudo as custas de informações técnicas confusas.

Sds.
Não posso assinar porque sou funcionário de carreira.

Anônimo disse...

O raciocinio do anônimo acima é correto. Tem que haver investimento no setor interno da prefeitura. Sete Lagoas esta precisando romper com práticas viciadas, como favorecimentos, falta de ética, política do da la me da ca. Agora, vao vai ser colocando uma Cidinha Canabrava no social que a coisa vai andar né gente. Pelo amor de Deus!