quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

Engolindo a seco

Depois de aprovada por unanimidade - ou seja, pelo voto de todos os 12 vereadores - a vergonhosa auto-homenagem, e por não dizer, auto-promoção, ao excelentíssimo presidente da Câmara Municipal, Sr. Gilmar Antão (DEM), está de novo em pauta, na reunião Extraordinária desta quarta-feira.

A Honra ao Mérito ao presidente da casa será votada em segundo turno, em tempo recorde, em menos de cinco dias...

Haja pressa para colocar no hall de homenageados o presidente de tão honrosa legislatura... E, nós, simples mortais, temo que engolir a seco, sem direito à champagne ou caviar.

3 comentários:

Leonardo disse...

Bruno, Fred e Marcos, parabéns pelo Blog. Iniciativa bacana e no momento certo. Mais importante: contribui para o debate sobre as questões relevantes do município. Em tempo, já o coloquei entre os favoritos.
Leonardo Barros.

São Longuinho disse...

Aposto que já doaram mais doces do que a festa de Cosme e Damião, ou seja festa de Gilmar Antão !

Zé de olho disse...

Sete-lagoanos,
Como está no dicionário....

Um paladino é um herói cavalheiresco, errante e destemido, de carater inquestionável que segue sempre o caminho da verdade, lei e ordem, sempre disposto a proteger os fracos e lutar por causas justas. A palavra Paladino vem do latim palatinus (relativo a palácio), por sua vez derivado do Palatino, uma das sete colinas de Roma.

Os paladinos originais foram os 12 (aqui 13) pares de Carlos Magno que aparecem no poema La Chanson de Roland (A Canção de Rolando) que conta a historia de Rolando( aqui Gilmar Rolando na Farra e Os Doze Pares da França( aqui Os 12 comparsas) na batalha de Roncesvalles.(ou seja aqui nem batalha tem )
Acorda gente! As eleições são em 2008
Não repitam o erro mais uma vez elegendo esses Paladinos Paraguaios